Home » Televisão

Se Joga homenageia 50 anos de Adriana Esteves e trabalhos na TV, e ‘ignora’ Renascer

Nesta sexta-feira (13), o programa Se Joga, da TV Globo, fez uma homenagem para a atriz Adriana Esteves. A estrela de Amor de Mãe, e atualmente no ar na reprise de Avenida Brasil, fará 50 anos de idade no domingo (15). No entanto, na homenagem, a Globo decidiu ignorar o momento mais difícil da carreira de Adriana: a novela Renascer, produzida em 1993.

Na ocasião, Adriana foi criticada pelo papel da jovem Mariana. Ela foi considerada robótica e forçada no papel por crítica e por boa parte da imprensa. O fato fez Adriana Esteves entrar em uma forte depressão e recusar trabalhar em novelas e produções nos anos 90.

Ela chegou a sair da Globo e assinar com o SBT, por exemplo. Em outra situação, em 1994, ela recusou o papel de Babalu na novela Quatro Por Quatro, um dos maiores sucessos da faixa das 19h na década. Tal papel acabou sendo interpretado pela ex-paquita Letícia Spiller.

“Foram os anos mais difíceis da minha vida”, disse a atriz, em entrevista à revista Marie Claire, num dos raros momentos que falou sobre o que ocorreu com ela. No entanto, Adriana Esteves voltou para a Globo e se transformou uma das atrizes mais aclamada de todos os tempos.

O Se Joga também recordou vários papéis da carreira de Esteves, como a Sandrinha de Torre de Babel, a Fabiana de Meu Bem Meu Mal, Celinha de Toma Lá Dá Cá, a Catarina de O Cravo e a Rosa e a Carminha de Avenida Brasil. Alguns internautas perceberam que a Globo esqueceu esse momento e comentaram na web.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também