Luciano Hang (Dono da Havan) sugere para Silvio Santos demitir Rachel Sheherazade

Home » Televisão

Rachel Sheherazade decide desativar sua conta no Twitter

Na última quinta-feira (8), a apresentadora do SBT Brasil, Rachel Sheherazade, decidiu desativar sua conta na rede social Twitter. A jornalista resolveu comentar sobre o assunto em sua conta no Facebook de forma breve. Rachel disse que a exclusão de sua conta no Twitter ocorreu por motivos de força maior.

“Caros amigos, por motivo de força maior, desativei, temporariamente, a minha conta no Twitter. Muito amor a todos vocês”, escreveu Rachel. Fãs da jornalista especularam o motivo e perguntaram o fato para Sheherazade, mas ela preferiu não responder os questionamentos.

Sheherazade vinha usando sua conta no Twitter para tecer críticas ao Presidente da República Jair Bolsonaro. Ela também criou um canal no YouTube onde vinha se posicionando de forma contrária as opiniões adotadas pelo atual governo da república.

A exclusão da conta de Rachel Sheherazade do Twitter acontece pouco menos de dois meses após o dono das lojas Havan e um dos maiores anunciantes do SBT, o empresário Luciano Hang, pedir para que Silvio Santos a demitisse por causa da postura adotada pela jornalista contra o atual governo.

Naquela ocasião, Luciano havia comemorado a demissão em massa dos jornalistas do SBT. Ele usou a rede social Twitter para parabenizar Silvio Santos pelos cortes, que considera terem caráter ideológico, e solicitou que Rachel Sheherazade também fosse mandada embora.

Assim que se deu conta da existência da publicação, Sheherazade rebateu o pedido do empresário. “Já está registrado! Empresário chantageia a emissora onde trabalho e ainda vem a público pedir cabeça de jornalista. Já vi esse filme antes. Mas, agora, vai ter processo. Espere a notificação dos meus advogados”, disparou a apresentadora do SBT Brasil, principal jornal da emissora de Silvio Santos.

Contudo, Sheherazade recebeu pouco apoio de colegas da emissora de Silvio Santos. Apenas o jornalista Cassius Zeillmann apoiou publicamente sua permanência. Outros colegas, apresentadores e jornalistas do canal não se manifestaram quanto o assunto. O SBT também não comentou sobre o assunto.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também