Home » Televisão

Globo quebra protocolo e escala Luís Roberto para cobrir a final da Copa do Brasil

  • - em 17 de setembro de 2019

Quebra de protocolo acontece na Globo e desfaz tradição que acontece normalmente em jogos finais. A platinada escalou um narrador diferente para a finalíssima da Copa do Brasil. Se Cléber Machado narrou o jogo de ida entre Athletico-PR x Internacional, o jogo de volta, que ocorrerá na próxima quarta-feira (18) em Porto Alegre (RS) e definirá quem levanta a taça, será feito por Luis Roberto.

A medida foi tomada para não privilegiar nenhum locutor, segundo informações do Observatório da Televisão. Ambos já vinham revezando partidas até a semifinal do torneio. O curioso é que a Globo não costuma praticar isso quando um torneio tem dois jogos finais. Em Libertadores e na Copa do Brasil, o mesmo narrador é escalado para os dois jogos.

A Copa do Brasil só teve um narrador em seus jogos finais na última década, por exemplo. No histórico comparativo Cléber Machado narrou três finais (2009, 2012 e 2015). Enquanto Luís Roberto narrou quatro (2010, 2011, 2013 e 2018). Galvão Bueno fez duas (2016 e 2017). Rogério Corrêa fez uma (2014).

Desejando tornar as transmissões mais nacionais e menos regionais, a decisão também faz parte da unificação do Esporte do Grupo Globo. A escalação de dois narradores diferentes faz com que a transmissão seja mais homogênea e não tenha um caráter mais regional.

A premiação de televisão da Copa do Brasil é bem generosa com quem vencer o mata-mata nacional. O Furacão ou o Colorado podem levar R$ 53 milhões para os seus cofres. A competição paga mais de premiação de televisão, por exemplo, que o Campeonato Brasileiro da Série A.

Sem mais delongas, a final da Copa do Brasil será transmitida na próxima quarta-feira para todo o Brasil. Além da Globo na TV aberta, o SporTV exibirá a decisão na TV paga.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também