Home » Realities

Pyong irá depor sobre assédios no Big Brother Brasil 20

Pyong Lee, oitavo eliminado do Big Brotger Brasil 20, saiu do confinamento carregando uma polêmica. Dentro do reality, ele foi acusado de assediar Marcela e Flayslane em uma das festas. Ele então foi chamado para depor pela Polícia Civil do Rio de Janeiro e aguarda a data para cumprir.

Essa convocação a depor foi feita a partir das acusações nas redes sociais, segundo a advogada do caso delegada Catarina Noble, pois durante a festa o hipnólogo tentou beijar Marcela e apalpou o bumbum de Flayslane. “Estou disposto a responder e esclarecer tudo o que for preciso”, garante o ex-BBB para o UOL.

“Estou com a consciência tranquila. Eu errei, não vou mentir, não vou esconder, e não preciso fazer isso. Inclusive já pedi desculpas publicamente dentro do ‘Big Brother’. E aqui fora eu sabia que teria consequências e eu vou lidar com as consequências dos meus atos”, disse Pyong.

“Quando o ser humano erra —e todo mundo erra— é reconhecer, pedir perdão para as pessoas que se ofenderam, para as pessoas envolvidas, e não repetir mais o erro. Estou comprometido, não repeti o erro lá dentro e não vou repetir mais aqui fora”, explicou o coreano.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também