Virgínia (Duda Batista/Paolla Oliveira) será acolhida por Otávio (José de Abreu) e Beatriz (Natália do Vale) em a Dona do Pedaço

Home » Novelas

Saiba os detalhes do que acontecerá com Virgínia após ter sua mãe assassinada em A Dona do Pedaço

  • - em 23 de maio de 2019

Para se livrar de uma vez por todas dos justiceiros da família Matheus, a pequena Virgínia (Duda Batista/Paolla Oliveira) terá que fugir dos assassinos de sua mãe Zenaide (Maeve Jinkings) para bem longe.

Os assassinos da família Matheus encontram a irmã de Maria da Paz (Juliana Paes) em Vitória com o intuito de matar seus inimigos, mas a pequena menina consegue fugir. Zenaide acaba sendo executada.

Transtornada, a garotinha acaba parando em frente ao carro de Beatriz (Natália do Vale), que se encanta pela garota. Seu marido Otávio (José de Abreu), diz para irem embora, pois estão bloqueando o trânsito, mas Beatriz questiona os motivos pela criança estar ali abandonada. Otávio fica preocupado e pergunta o seu nome.

“Virgínia”, responderá a menina assustada. O homem então deduz que a garota possa estar perdida e lhe pergunta sobre os seus pais, no qual é surpreendido com sua resposta: “Meu pai morreu. Minha mãe também morreu. Mamãe morreu, morreu!”. Preocupados, Beatriz e Otávio se entreolham e acabam levando a menina para casa.

Na próxima cena, que acontece no dia seguinte, a menina já estará sob os cuidados da ricaça. “Comprei essa boneca pra você também. Gosta?” pergunta a dondoca. “É linda!”, responde a garotinha. Depois disso, o casal tenta ajudar a resolver a situação, perguntando a garota onde ela mora, com o intuito de descobrirem a sua origem, mas Virgínia se mostra abalada com tudo o que aconteceu: “Os homens tinham revólver, tinham revólver! Ela disse pra eu correr. Eu não queria, mas ela gritou corre, corre…corre”.

Beatriz tenta acalmar os ânimos e confortar a menina. O tempo passa e quando anoitece, ela questiona Otávio como devem agir: “Ela já disse que não tem pai nem mãe. Nem sabe onde mora. Levar pra polícia, pra quê? Pra mandarem essa menina pra um abrigo, com centenas de menores abandonados?”, avalia a mulher rica, que não tem filhos e adora crianças.

Já sabendo o que sua esposa está pretendendo fazer, o homem reage: “Ahhhh… eu estava esperando. Conheço você. Dentro dessa cabecinha há um plano. Você não me engana, Beatriz. Em vez de levar ao juizado de menores, ou coisa que o valha, você me pediu pra trazer a menina ao hotel, e um tempo pra comprar roupinhas. Diz logo o que está pensando. Acho que faço uma ideia”.

O marido conta que seu desejo de ser pai é passado e que já superou esta angústia. Otávio explica que a fila de adoção é enorme e que eles não têm direito de pegarem a criança para criar, mas sua esposa parece estar decidida quanto ao futuro de Virgínia: “Direito, direito. Otávio, já sabemos que é órfã. E pobre. Usava roupas muito simples. Vamos levar a menina pra São Paulo. Pra nossa casa. Lá temos relacionamentos, bons advogados. A gente consegue a guarda da menina”.

O marido acabará cedendo ao pedido de Beatriz. “Ela é a filha com que sempre sonhamos. Virgínia. Um nome tão comprido pra uma menininha tão pequena. Vamos chamá-la de Vivi!”, conclui a esposa.

A Dona do Pedaço será exibida às 21h20 desta quinta (23), pela TV Globo.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também