Alfredo (Nicolas Prattes) em Éramos Seis

Home » Novelas

Osório pede para Alfredo ser desonesto e filho de Lola fica furioso

Em Éramos Seis, da TV Globo, Alfredo (Nicolas Prattes) cansou de ser explorado pelo patrão e até chegou a roubar o homem ao descobrir que ele era um contraventor e recebia encomendas de peças roubadas de veículos importados. O rapaz roubará seu chefe novamente ao sentir que está sendo lesado por Osório (Nicola Siri).

O chefe da oficina vai dar mais uma prova da sua desonestidade em conversa com os funcionários, ao pedir que eles não arrumem um carro por completo quando o cliente chegar até lá. “Quando pegarem um carro, vejam se não acabam com todos os defeitos de uma vez… Porque senão a oficina fecha”, diz ele.

Tião (Izak Dahora) não acredita no que está ouvindo e Alfredo pergunta: “Então é para consertar, mas não consertar tudo, é isso o que senhor está falando?”, e Osório garante que sim pois segundo sua percepção, o cliente precisa ter motivos para voltar na oficina. “O patrão é desonesto e acha que o empregado pra ser leal tem que ir pelo mesmo caminho”, dispara Tião, quando o homem sai de perto.

O filho de Lola (Gloria Pires), fica com mais raiva ainda ao relembrar que Osório não lhe pagou o salário completo, e entra em seu escritório para roubar mais uma peça, mesmo Tião pedindo para ele não fazer isso novamente. “Nas minhas contas, o Osório ainda está me devendo, nos devendo. Isso é o pagamento do nosso salário”.

“Dessa vez, eu estou fora. Não quero, não”, diz Tião, que explica que não contará nada a ninguém mas está se guiando pela própria consciência, e não defendendo o patrão.

Éramos Seis é exibida de segunda a sábado, às 18h30, pela TV Globo.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também