Lola (Gloria Pires) em Éramos Seis

Home » Novelas

Morte de Carlos faz Lola desistir do amor de Afonso

Nos próximos capítulos de Éramos Seis, da TV Globo, Lola (Gloria Pires) vai mudar toda a sua vida após mais uma tragédia. A dona de casa que estava começando a reencontrar o amor nos braços de Afonso (Cássio Gabus Mendes), e já até precisou lidar com as armações de Shirley (Bárbara Reis) para prejudicá-la, e afastá-la do comerciante, decidirá não mais ficar com ele, após perder o filho, Carlos (Danilo Mesquita).

Devastada, a protagonista vai até uma capela no hospital onde o jovem acabou de falecer, e tem uma conversa emocionada com a imagem da Virgem Maria presente ali.

“Acabou-se, meu filho foi embora. A senhora já passou por isso e sabe que dor é esta que estou sentindo, por que deixou meu filho ir embora? Por quê? A senhora devia estar preparada pra perder o filho, é uma santa, mas eu… Quem sou eu? Uma mulher que trabalha pra viver, pra comer, pra ter um pedaço de pão na mesa todo dia. E por que deixou o meu filho morrer? Ele que me auxiliava a ganhar o pão? Um filho tão bom… Trabalhador! Meu grande amigo! Como vou viver agora? Me diz, santa, me diz”, diz ela.

Algum tempo depois, após o enterro do rapaz, Afonso ainda muito triste com tudo, oferece carona a Lola e sua mãe, Dona Maria (Denise Weinberg), e diz que gostaria de estar mais próximo da doceira neste momento, e pede que a deixe ajuda-la.

“Ah. Minha felicidade foi embora… Não tenho mais desejo de fazer planos… Não posso mais, nem quero… nada”, dispara antes de entrar em sua casa, deixando o dono do armazém devastado.

Não sei se meu peito dói mais por Inês ou por dona Lola. Que tristeza”, dirá Afonso mais tarde para Shirley, que devido ao sofrimento da filha com a perda, pede para ficar mais tempo em sua casa. “Afonso, minha filha precisa de mim aqui, chega de perdas. Não vou abandoná-la nesta hora. Preciso ficar mais tempo nesta casa”.

Éramos Seis é exibida de segunda a sábado, às 18h30, pela TV Globo.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também