Maria da Paz (Juliana Paes) em cena de A Dona do Pedaço.

Home » Novelas

Maria da Paz passa fábrica para o nome de Josiane, mas esconde segredo

Em A Dona do Pedaço, novela de Walcyr Carrasco, Maria da Paz (Juliana Paes) foi, muitas vezes, passada para trás por sua filha Josiane (Agatha Moreira). A aspirante a blogueira sempre se aproveitou da inocência e humildade da mãe para lhe arrancar qualquer coisa que quisesse. Contudo, Maria da Paz nunca havia notado o quão mau-caráter era a sua filha.

Nem mesmo depois de ter descoberto que a filha ganhou uma alta comissão de Stephanie, a decoradora da nova mansão, Maria da Paz desconfiou das intenções da jovem. A filha da boleira armou para a mãe liberar uma grana preta para a designer de interiores e combinou com a profissional de faturar em cima do seu trabalho. Maria descobre tudo por meio de Márcio (Anderson Di Rizzi) e fica furiosa com a situação.

Mesmo após de apanhar da mãe e levar uma lição de moral pelo o que aprontou, Josiane segue firme no seu plano de roubar tudo que é de Maria da Paz, inclusive a fábrica de bolos. A influenciadora digital manipula a boleira para que ela fique muito endividada, com gastos pessoais, inclusive com a decoração da nova mansão da família. Com isso, Maria da Paz precisará de um empréstimo.

Cada vez mais enrolada nas dívidas, a empresária se vê pressionada pelos credores… É aí que Josiane consegue seguir com o seu plano de que o mais seguro é passar a fábrica para o seu nome. Assim, o patrimônio da família não corre nenhum risco de ser usado como pagamento das despesas acumuladas. Maria da Paz, que confia cegamente na filha, acata a sugestão e manda preparar um contrato.

A situação começa a ganhar contornos diferentes logo após a assinatura do acordo. Maria da Paz começa a dar ouvidos a Régis (Reynaldo Gianecchini), que já está apaixonado por ela, de que não deve confiar tanto assim em Josiane, já que é jovem. Para ele, a garota pode se deslumbrar com o poder… Contudo, a boleira diz que confia plenamente na filha.

“Cê botou a fábrica no nome da Jô?”, questiona Régis, desconfiado. “Foi o jeito. Se vierem cobrar o empréstimo, feito no meu nome, a fábrica não corre risco”, conta Maria da Paz.“Cê se precipitou”, diz o pilantra. “Também acho que se precipitou”, pontua Evelina (Nívea Maria). “Cês tão falando de um jeito… a Josiane é minha filha”, dispara Maria da Paz.

Maria da Paz aparenta não ter ficado tranquila com a decisão de transferir a fábrica para sua filha. Ela aparece nervosa, angustiada e decide ter uma nova conversa com o marido. “É que eu ando tão nervosa… e essa casa é tão grande… achei… nem sei o que eu achei… peguei o revólver por instinto”, diz ela e, logo, é abraçada pelo marido.

Maria da Paz então admite o erro: “Eu botei a fábrica no nome da Josiane. Salvei a Bolos da Paz. Me explica por que tou tão nervosa”. Régis explica que tudo aconteceu rápido demais e que ela precisa reverter a situação. Mas Maria da Paz indica que está atenta: “Eu tomei minhas precauções”. A boleira preparou um documento que anula o primeiro contrato, se necessário. Mas não conta a Régis mais nada a respeito.

No dia seguinte, Maria da Paz pede para falar com Antero (Ary Fontoura), seu advogado. “Márcio, chama o doutor Antero. Vou deixar o contrato na gaveta. O contrato é válido, mas não precisa ser registrado. Embora eu tenha tomado minhas precauções. Eu já disse. Confio na Josiane. Mas não sou boba. Cuidado eu já tomei. Em todo caso, Régis, vou fazer como você diz. Se é pro contrato não valer de verdade, pra que registrar…todo esse trabalho?”, questiona.

Quando Antero chega, Maria explica que não quer mais proceder com o contrato e pede para ele não registrar o documento. A ideia é deixá-lo em uma gaveta, guardadinho e somente usá-lo se for extremamente necessário. O advogado, no entanto, explica que não é possível deixar de registrar porque a papelada já foi enviada à Junta Comercial.

“Agora é tarde para voltar atrás… a fábrica já está oficialmente no nome da Josiane”, conta Antero, que diz também que ainda há um certo documento que Maria pediu. Márcio, então, indaga do que se trata, e a boleira conclui:“Um cuidado especial que tomei, mas nunca vou precisar usar esse documento. Não tem problema. Eu já disse e canso de dizer. Eu confio na minha filha. Confio”.

O capítulo está previsto para ser exibido no dia 10 de agosto, às 21h15, pela TV Globo.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também