Agno (Malvino Salvador) e Lyris (Deborah Evelyn) em A Dona do Pedaço (Reprodução)

Home » Novelas

Lyris contrata Amadeu como advogado no caso contra Agno e se dá mal

Em A Dona do Pedaço, folhetim de Walcyr Carrasco, Agno (Malvino Salvador) deu um golpe em Lyris (Deborah Evelyn) e sua família. O empresário diminuiu a participação da esposa e seus parentes ao abrir uma nova sociedade com a ‘nova sócia’ Fabiana (Nathalia Dill), e em seguida pediu o divórcio para deixar a ex-mulher na sarjeta. Desesperada e acreditando que ele tenha outra mulher, ou mesmo outra família, ela decide contratar Amadeu (Marcos Palmeira) como advogado para lutar judicialmente contra Agno.

Amadeu afirma que tentará um acordo com Agno, e ver o que ele tem a oferecer. E isso deixa Lyris indignada: “Não quero saber o que ele oferece. Quero metade de tudo, mais este apartamento. E uma pensão”, exige. Em conversa com o empresário, este revela que o dinheiro que recebeu pela venda de parte de suas ações, entrou como capital de giro da construtora, e que pretende repassar para Lyris o mínimo possível.

Agno revela que deseja ter o apartamento de Lyris, pois só saiu de lá porque estava se sentindo sufocado. “Não vou interferir na sua tomada de decisão. Ela também quer uma pensão, para manter o padrão de vida de sua filha”, explica o advogado.

Em seguida, o empresário pega seu notebook, posiciona na frente de Amadeu e questiona quais direitos ela tem. “Vamos ver que direitos que ela tem. Olhe”, diz enquanto mostra o vídeo íntimo que mostra a mulher transando com Tonho (Betto Marque).

“Botei uma câmera na minha cozinha. Ela transava com o entregador de bolos. Quero ver quando eu mostrar isso num tribunal. Agora diga, quem tem razão nessa história?”questiona Agno deixando Amadeu constrangido. Ele diz que pretende usar o vídeo no tribunal e que não deixará faltar nada a filha, mas que contribuirá apenas com um salário mínimo para a ex-mulher.

O capítulo está previsto para ser exibido na próxima sexta-feira, 19, às 21h15, pela TV Globo.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também