Julinho (André Luiz Frambach) em Éramos Seis.

Home » Novelas

Julinho vira cúmplice de Assad em Éramos Seis

Em Éramos Seis, da TV Globo, Julinho (André Luiz Frambach) tanto viu a família passar necessidade durante sua infância, que seu maior sonho é justamente ser rico, e não passar mais por dificuldades financeiras, com isso, ele embarca para o Rio de Janeiro com o patrão, em busca de qualquer coisa que possa fazê-lo se dar bem.

O rapaz chega a descobrir que Assad (Werner Schünemann) está viciado em jogos, e sai todas as noites para jogar, quando a esposa Karine (Mayana Neiva), não está em casa. Com isso, Julinho jurou descrição, e irá acompanhar o empresário em um cassino.

Enquanto Assad recolhe fichas de pôquer, o menino fica ao lado percebendo o deslumbre do patrão. “Essa mesa é do papai aqui, meus amigos! Podem botar as fichas… que tal aumentarmos o valor do pingo? Hein? Estão dentro ou fora?”, diz animado para outros jogadores.

Julinho então, cúmplice dele em tudo, diz discretamente em seu ouvido: “O senhor é muito bom neste jogo, seu Assad”. “É assim que a gente recupera o que se perde. Hoje as cartas estão sorrindo para mim. E eu acho que você está me dando sorte, Julinho!.. Mas lembre-se: Karine não pode saber…”, alerta o turco.

Nem Soraia. Deixe comigo. É segredo nosso”, dirá o jovem. Assad então o elogio e diz que levar Julinho consigo para o Rio de Janeiro foi o seu maior investimento. Nesse momento, o ambicioso já está nas nuvens acreditando que com a confiança do homem conquistada, conquistará tudo o que quiser.

Éramos Seis é exibida de segunda a sábado, às 18h30, pela TV Globo.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também