Fabiana (Nathalia Dill) na fábrica Bolos da Paz em A Dona do Pedaço (Divulgação: TV Globo)

Home » Novelas

Fabiana faz proposta indecente a Maria da Paz para evitar briga

  • - em 25 de setembro de 2019

Nos próximos capítulos de A Dona do Pedaço, trama de Walcyr Carrasco, Maria da Paz (Juliana Paes) não suporta saber que Fabiana (Nathalia Dill) roubou suas receitas e vai tirar satisfações. A boleira confronta a ex-noviça, que reage cinicamente à sua chamada.

“Você vem aqui na minha sala, perguntar se tenho vergonha na cara? É um pouco demais da sua parte. Mas se quer uma resposta, tenho vergonha sim”, dispara a irmã de Vivi (Paolla Oliviera).

“Não parece. Cê roubou minhas receitas, fez a Jenifer, que trabalhava comigo há anos, roubar minhas receitas novas. Não que eu me importe. Sou capaz de criar mais receitas, que você não tem”, rebate Maria da Paz, possessa.

Mas Fabiana tem uma explicação que considera justa. “Você está levando isso para o lado pessoal. Mas é profissional. Mal você abriu sua confeitaria, as minhas confeitarias mais próximas começaram a vender menos. É óbvio. Esses bolos diferentes puxaram uma parte da clientela. Eu farei os mesmos bolos, só que a preço mais baixo”, exclama.

A ex-religiosa, então, diz que não é jogo sujo o que está fazendo, explica que é apenas competição. Ela ainda fala que sabe reconhecer uma boa concorrente e que Maria vai vender cada vez mais se ela não colocar um freio agora.

“Nós podemos chegar a um acordo. Eu compro sua pequena confeitaria, incorporo na rede da Bolos da Paz. Você vem trabalhar aqui, comigo. Eu renovo minha oferta de emprego”, propõe Fabiana.

“Eu não sei ser empregada de ninguém, Fabiana. Me deixa lá, com minha pequena confeitaria… só deixa seguir minha vida”, rebate Maria da Paz, que decide ir embora, sendo ameaçada por Fabiana.

“Veio perguntar se tenho vergonha na cara. Isso é bobagem. Mas fique sabendo, o que eu tiver que fazer para acabar com sua confeitaria, eu vou fazer. Eu vou ganhar, Maria da Paz”, conclui a megera.

As cenas vão ao ar a partir do dia 7 de outubro.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também