Fabiana (Nathália Dill) e Agno (Malvino Salvador) em A Dona do Pedaço (Reprodução)

Home » Novelas

Agno transforma Fabiana em sua laranja na construtora

Em A Dona do Pedaço, folhetim de Walcyr Carrasco, Fabiana (Nathália Dill) aceitou se aliar à Agno (Malvino Salvador) e sabia que o empresário a envolveria em um grande esquema. O empresário chama a ex-noviça para uma conversa na pizzaria e pede que ela seja sua laranja numa negociação.

“Eu juntei dinheiro muitos anos. Muitos. Sempre tive um caixa dois, uma conta particular do qual minha família não suspeita. Fiz bons investimentos, o dinheiro cresceu muito. Eu tenho capital para comprar mais um pedaço da construtora. Só que, como você sabe, meu sócio não venderia a parte dele”, diz o sócio da Habitex.

“Agora, se ele vender, eu ficaria sócio majoritário, daria todas as cartas. Fora isso, devido ao casamento, minha mulher teria direito a metade de tudo. Sem falar na mãe dela e no Régis que têm uma parte pequena, mas têm. Mas se aparecer um terceiro sócio, convenço o Otávio a vender… Vendo também um pedaço da minha parte, assim a parte da minha mulher diminui”, continua Agno.

Fabiana entende o plano e que as partes correspondentes a Gladys (Nathália Timberg) e Régis (Reynaldo Gianecchini) também ficariam minúsculas.  Agno diz que sua ideia é vender oficialmente sua própria parte para a moça criada em convento, onde ela dará apenas o seu nome, enquanto ele controla tudo. Ele pretende se apropriar da Construtora só para ele.

O marido de Lyris (Deborah Evelyn) promete dar a Fabiana um apartamento, e uma recompensa em dinheiro. Agno pede para que Fabiana finja que ganhou uma boa grana de herança do convento de uma de suas madres superiores, para que ninguém desconfie. A ex-noviça aceita o acordo. “Me aguarde. Vamos conversando. Laranjinha”, brinca o homem ambicioso. “Eu vou ser rica! Eu vou ser rica!”, responde a irmã de Vivi Guedes (Paolla Oliveira) deslumbrada com a possibilidade.

O capítulo está previsto para ser exibido no próximo sábado (13), às 21h15, pela TV Globo.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também