Bryan Singer, diretor de Bohemian Rhapsody

Home » Filmes

Diretor de Bohemian Rhapsody é condenado a pagar US$ 150 mil em caso de estupro

Na última quarta-feira (12), a Variety anunciou que o diretor Bryan Singer, do vencedor do Oscar, Bohemian Rhapsody, terá que pagar um valor de US$ 150 mil no acordo envolvendo um caso de estupro.

O caso envolve Cesar Sanchez-Guzman, que acusa o diretor de ter realizado atos sexuais orais e anais contra seu consentimento em uma festa em 2003, quando ele era menor de idade.

O caso foi reaberto na justiça americana no final de 2017.

Caso os advogados de Sanchez-Guzman aceitem o acordo, a acusação será encerrada. Singer ainda alega sua inocência em relação às acusações, afirmando que não reconhece quem é o seu acusador.

Fonte: Observatório do Cinema

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também