Home » Famosos

Juiz nega pedido para que pensão da viúva de Gugu seja depositada em conta de advogado

O advogado Nelson Willians, representante de Rose Miram Di Matteo na batalha judicial pela herança de Gugu Liberato, teve pedido negado pela Justiça para que a pensão da sua cliente fosse depositada diretamente na sua conta-corrente.

O juiz José Walter Cardoso, da 9ª Vara da Família e Sucessões de São Paulo, indeferiu o pedido, informou Lauro Jardim, em sua coluna no jornal O Globo. Com isso, a pensão de R$ 100 mil mensais, que a viúva do comunicador da Record TV, receberia, não será depositada até segunda ordem.

Ao contato com o portal Observatório dos Famosos, Nelson Willians, por meio do seu representante no Brasil, disse que a decisão do juiz José Walter Cardoso, se deve ao fato de que Rose não tem conta no país. Questionado sobre quais seriam os próximos passos, ele disse que a Justiça será informada de que a conta nos Estados Unidos pertence a Miriam.

“De acordo com o advogado Nelson Willians, à época do pedido da pensão e da decisão da Justiça, Rose Miriam não mantinha conta individual no Brasil. Para efeitos de comunicação, em comum acordo, foi indicada uma conta no país. Com a decisão judicial, de conceder a pensão, a Justiça já está sendo informada da conta a ser depositada, que é a de Rose Miriam nos Estados Unidos, sem prejuízo ou qualquer outro tipo de intercorrência legal”, diz a nota.

Semana retrasada, a 9ª Vara da Família e das Sucessões do Foro Central da Capital do Tribunal de Justiça do Estado de São Paulo, determinou que Rose Miriam, viúva de Gugu, receba uma pensão de R$ 100 mil por mês. “Satisfaz, ao menos para este momento, a equação de possibilidades do alimentante (espólio) e necessidades da alimentada”, diz a parte da decisão.

Fonte: Observatório dos Famosos

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também