Juarez Soares

Home » Famosos

Aos 78 anos, morre o jornalista esportivo, Juarez Soares

Na madrugada desta terça-feira (23), faleceu em São Paulo, aos 78 anos, o jornalista e comentarista esportivo Juarez Soares. O China, apelido pelo qual era conhecido nos bastidores, trabalhou em diversas emissoras como a Globo e RedeTV!. Mas foi na Band, entre os anos 80 e 90, que Juarez fez história. Ele foi o principal comentarista do esporte nos tempos áureos do canal do Morumbi.

O profissional teve uma parada cardiorrespiratória na madrugada desta terça. Houve tentativa de reanimação, mas não houve sucesso. Vários colegas da área esportiva já lamentaram o falecimento de Soares. Entre eles, Cléber Machado, Milton Neves, Everaldo Marques, Marília Ruiz e Marcelo do Ó.

Juarez Soares começou a carreira em como narrador aos 17 anos na cidade de Lorena, interior de São Paulo. Na TV, começou na década de 70 como repórter esportivo da TV Globo. Na platinada, Juarez cobriu as Copas de 1978 e 1982. Também atuou nas Rádios Globo e Excelsior, que faziam parte do grupo da emissora.

Contudo, a ascensão profissional de Juarez aconteceu na Band. Foi lá que ele notabilizou como um dos principais comentaristas esportivos da TV. Trabalhou ao lado de grandes narradores como Luciano do Valle e Silvio Luiz nas transmissões de futebol do, até então, canal do Esporte na TV aberta. Ainda nos anos 90, teve passagens pelo SBT e Record.

Soares trabalhou por dez anos na RedeTV!, onde reeditou a parceria bem sucedida com Silvio Luiz na Band. O profissional trabalhou na emissora até o último mês de abril. Seu último trabalho na mídia foi na Rádio Capital de São Paulo, como comentarista no programa Capital da Bola.

Juarez também exerceu função na área política. Ele chegou a ser filiado ao PT e se candidatou como vice-prefeito de São Paulo em 2004, mas sem sucesso.

Ainda não se tem maiores detalhes sobre onde será o seu velório e enterro do narrador. Curiosamente, no próximo dia 30 de julho, Juarez Soares seria homenageado Academia Valeparaibana de Letras e Artes por conta de seu trabalho como comentarista. A homenagem foi cancelada.

Fonte: Observatório da Televisão

** Este texto não reflete, necessariamente, a opinião do Portal UAI.

Ver também